top of page

Como alugar um carro em Portugal: dicas e desconto de 30%

Alugar um carro em Portugal costuma ser um excelente negócio. Além de permitir que o viajante chegue a vários lugares do interior do país que não são alcançáveis de transporte público, ainda tem a questão da economia: muitas vezes, é possível encontrar opções de aluguel de carro por menos de 10 euros por dia! Como? Vem comigo que eu te dou todas as dicas de como fazer o melhor negócio, evitar taxas extras e aproveitar ao máximo sua roadtrip.


Quando vale a pena alugar carro em Portugal?

Portugal tem uma rede extensa de trem e ônibus que chegam em vários lugares. O que quer dizer que nem sempre alugar um carro é a melhor opção. Vale a pena, entretanto, caso você queira ir em mais de uma cidade no mesmo dia ou queira conhecer cidades menores nos trajetos, cujo acesso pelo transporte público é mais complicado. Por exemplo, é impossível conhecer aregião da Serra da Estrelasem carro. Ou visitarvinícolas e castelos no Alentejo. Então, a receita é: pesquise primeiro ostrense osônibus. Se as opções forem poucas ou nenhuma, veja o aluguel de um carro.


Documentos necessários para dirigir em Portugal
  • A CNH brasileira é válida em Portugal durante seis meses a partir da data da chegada. Ou seja, para quem só está passeando, não precisa se preocupar com carteira de motorista internacional. Quem for ficar aqui além desse período e tiver o cartão de residência precisa regularizar a situação com oInstituto de Mobilidade dos Transportes Terrestres em Portugal.

  • Passaporte válido.

  • Cartão de crédito. É preciso ficar atenta às letras miúdas, pois muitas vezes o cartão de crédito tem que estar no nome do condutor do veículo.

  • Muitas empresas também exigem que os condutores tenham mais de 25 anos (para outras, a exigência é 21). Algumas permitem motoristas mais jovens, desde que se pague uma taxa extra.

  • Se você pretende sair de Portugal com o carro alugado, confira antes na locadora se pode ir ao destino desejado ou se precisa pagar alguma taxa ou seguro extra.


Em qual empresa alugar o veículo?

Ao invés de indicar uma locadora específica, sugerimos que para alugar um carro em Portugal você faça uma comparação entre as empresas na Rentcars, maior site do mercado, que compara os preços em dezenas de locadoras e está presente em mais de 60 países – assim você pode garantir valores até 30% mais baixos, sem IOF e em até 12 vezes sem juros.



Pedágios em Portugal

Fique atento ao preço das portagens (como chamam os pedágios em pt-pt), porque pode ser que não tenha sentido fazer um trajeto de carro por conta disso. Como saber como vou pagar? Em primeiro lugar, vamos entender como funciona os esquemas das estradas, que em geral são muito boas, vazias e sem buracos.

  • As autoestradas (as que têm o nome com A) são melhores e mais rápidas, mas têm portagens mais altas. Por exemplo, de Lisboa a Porto são cerca 20 euros de pedágio se você seguir pela Estrada Nacional A1

  • Já nas rodovias internas ou estradas em trajetos curtos não há pedágios ou o valor cobrado é irrisório. Essas são estradas que começam com a letra N (Estrada Nacional). Você vai demorar mais, mas vai pagar menos.

O site Via Michelin é muito bom para pesquisar o preço dos pedágios e quanto você gastaria de gasolina nos trajetos. Eles também têm a opção de pesquisar rotas alternativas, para evitar pedágios.

Eu, na primeira vez que aluguei carro em Portugal, passei um mega aperto por falta de informação. Atualmente, os pedágios, chamados portagens, são cobrados automaticamente por um sistema eletrônico, a Via Verde, sem necessidade de passar por uma cancela e atendente.

Como meu cartão de crédito estava no limite, decidi não utilizar o dispositivo que cobraria automaticamente do meu cartão – eu deveria ir depois aos Correios e pagar lá pelos os pedágios que passamos. O problema foi que o moço da locadora nos disse que deveríamos ir aos Correios depois de 5 dias. Mas o prazo para o pagamento era em até 5 dias. Quando chegamos aos Correios, na semana seguinte, descobrimos que eles não tinham mais os documentos da cobrança e que teríamos que pagar multa. Eu fiquei desesperada pesquisando na internet a respeito e descobri casos escabrosos de pessoas que tiveram que pagar 1000 vezes o valor inicial (não é exagero) por conta desses atrasos. Felizmente, uma portuguesa me mostrou onde eu poderia pagar no site dos Correios e eu pude respirar aliviada.

Use o dispositivo de pagamento automático e não passe pelo que eu passei.



 


19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Restaurantes em Coimbra: onde comer na Baixa

Zé Manel dos Ossos Um dos lugares em Coimbra que tem fila na porta para entrar. O Zé Manel dos Ossos é uma tasca bem pequena, com apenas seis mesas e paredes cobertas com pedaços de guardanapo com rec

Comments


bottom of page